BlogBlogs.Com.Br

06 dezembro 2008

Reflexões enfermas de um frango

Odeio ficar doente... fato! Será que alguém nesse mundo gosta? Sei lá, só sei que ficar “descansando” no poleiro é um saco. Não tem nada pra fazer, não posso sair porque eu pego friagem, não posso colocar a pata no chão porque tá frio, não posso falar porque a garganta dói. Droga, odeio ficar aqui enclausurado!


É a mesma sensação de ficar preso numa gaiola. Tudo bem, nunca fui engaiolado, mas deve ser mais ou menos parecido com isso. Só que um pouco mais apertado. Pelo menos meu poleiro tem muito espaço. Dá pra andar de um lado pro outro enquanto continuo entediado.


E depois ainda vieram me falar que a gripe do frango estava terminada... que mentira! Quando disseram que ia virar pandemia todo mundo se preocupou, mas quando é um caso isolado no Brasil, ninguém se preocupa...


Claro, deixa o pobre frango sem valor morrer, isolado de tudo e de todos. Isso mesmo, me deixa de molho no poleiro. Epa, eu falei molho? Que palavra mais infeliz. Deixa eu tentar reformular a frase: me deixa de quarentena no poleiro. Tá, não melhorou muito. Quarentena é muito tempo, mas tudo é melhor que molho.


Mas o pior de tudo é ficar com o bico entupido. Aliás, é o bico que fica entupido ou é outro orifício especial para entrada de ar? Ah, tanto faz. O que importa é que isso tá entupido e me impedindo de respirar e falar direito. To falando muito engraçado. Trocando os Ps pelos Bs e com uma voz muito fanha. Nem cantar de manhã eu estou conseguindo.


Quem está fazendo isso por mim é aquele galo velho e caquético. O canto dele é muito irritante. Eu sei que o meu não é dos melhores, mas pelo menos melhor que ele eu consigo fazer. Mas eu tenho que pensar positivo, pelo menos as aulas com ele estão suspensas até eu melhorar... e olha que isso me faz querer ficar doente por muito tempo...


Mentira! Acho que nem com um estímulo desses eu ia querer continuar de molho. Droga, falei molho de novo. Espero que o granjeiro não me escute e queira me comer no almoço de domingo. Imaginem só virar um frango ao molho pardo? Eca, não gosto nem de pensar nisso...


Deviam mandar era aquela galinha gorda no meu lugar. Ela teve a audácia de me mandar um ramalhete de espigas de milho com um cartão de “meus mais sinceros votos de uma melhora rápida”. Argh! Que mau gosto! Eu já não tolero as indiretas que ela fica me dando e ainda por cima ela me dá milho?


Odeio milho com todas as forças desse mundo. Em vez de milho ele podia ter colocado na panela e me dado um baldão de pipoca. Não ia mudar em nada o meu conceito com relação a ela, mas pelo menos o presente ia ser útil.


Calma aí, tem alguém chegando pra me visitar. Deve ser encheção de saco. Vô fingir que to dormindo até seja lá quem ir embora. Que medo, o frango/galinha deixou alguma coisa pendurada no poleiro e está saindo. Não vou agüentar, tenho que ver quem está deixando isso...


Só dá pra ver a silhueta saindo da porta. Eu nunca ia deixar de reconhecer aquela parte de trás de uma galinha. Ah... a galinha gostosa do poleiro de cima! Pena que não poso sair daqui... ela não perde por esperar para ver o que vou fazer quando eu finalmente melhorar!


15 comentários:

Buono disse...

qual o problema com o milho? ele era pequeno? ou era grande? qual o problema de ganhar um milho grande? quero dizer, todo mundo gostaria de ganhar um milhão, não é mesmo??

espero que esse frango melhore rápido, afinal, um frango a molho pardo contaminado eu não gostaria de comer haha!

Abraços!

Ludmylla disse...

Aaaah, Bruno! Melhoras pra você! Agora fiquei com dó... Pior do que ficar sozinho, é ficar doente e sozinho! Espero que melhore logo pra aproveitar melhor a sua solidão e, quem sabe, mostrar pra galinha do andar de cima quem você realmente é, hahaha! Beeeijos!

Chéri disse...

Aah, ficar doente é bom pra ser mimaado xD qndo se tem algm pra te mimar claro u.u

haeuheauhae, e esse ódio por milho? frango q é frango tem q gostar oras! :D

é bruno, vc é um ser muito criativo, e pervertido [ressalte isso]
aheuheauheuah

bjooos

Natália Coelho disse...

Toma um "Frangogripe" que melhora, e depois disso eu não desejaria estar no lugar da "galinha gostosa", hahahahaha.

Mais uma bela demonstração da sua mente criativa!
bjO

MissCrazyLove disse...

aah eu gosto de ficar doente... sou paparicada de todas as formas possíveis hushueus

g.e.o. disse...

fiquei em dúvida sobre o orifício para entrada de ar o.o sei lá o q pode ser né :s

Bruno R.Ramos disse...

Bem, os dias maus passam, bem como os bons... MAs para frangos o ciclo é menor; logo menor é o sofrimento.

Kacau disse...

eu fiquei até com pena do frango kkkkkkkkkk, agora vem cá passa no meu blog que tem uma otima dica pro frango parar de ficar entediado, e esquecer a galinha do andar de cima kkkkkkkkkkkkk

http://messnatural.blogspot.com/

bia :) disse...

HASEUASHEUSAHUESAHUESA, ameeeei :D

Ana Lucia Nicolau disse...

também fiquei com pena do frago!

Pedro, o Nogueira disse...

que dózinha!

Calango disse...

cara...

seu blog tem quase o mesmo nome que o meu...

isso foi uma coincidência?

Diego disse...

HAhahah não quis sair.....perdeu a galinha gostosa rsrsrs

epifannias disse...

tadinho do frango

belo post

Vy disse...

"Quarentena é muito tempo, mas tudo é melhor que molho."
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
aiai, q comedia... adorei
te amo nin!! <3